Tag Archives: Sectores e unidades institucionais

Sectores e unidades institucionais

Sectores e unidades institucionais

As operações económicas são efetuadas pelas unidades institucionais. Entende-se por unidade institucional um centro elementar de decisão económica, constituído por um agente económico com capacidade para realizar atividades económicas e operações com outros agentes.

Setor institucional representa o conjunto de unidades institucionais que apresentam características e comportamentos semelhantes.

unidade institucional é a unidade produtiva que dispõe de poder de decisão autónomo e que apresenta contabilidade organizada.

As unidades institucionais participantes na economia são agrupadas em seis sectores mutuamente exclusivos, que podem ser classificadas por:

sociedades não financeiras – trata-se de unidades institucionais residentes, sociedades ou quase sociedades, produtores mercantis, cuja atividade principal consiste em produzir bens não financeiros. Podem assumir a característica de agentes privados ou públicos.

sociedades financeiras – são sociedades ou quase cuja função principal é fornecer serviços de intermediação financeira e/ou atividades financeiras auxiliares.

instituições sem fins lucrativos ao serviço das famílias (ISFLSF) – estas unidades devem ter personalidade jurídica ou social e podem ser produtores mercantis ou não mercantis. Mas pelo seu estatuto não poderão ser uma fonte de rendimento para as unidades que as criam, controlam ou financiam. Estas unidades fornecem bens às famílias gratuitamente ou a preços pouco significativos. Estão aqui incluídos os sindicatos, as associações profissionais, científicas e outras, assim como os partidos e as igrejas, num primeiro grupo. Num segundo grupo temos as Instituições Particulares de Solidariedade Social, as associações de socorros mútuos e outras. Num terceiro encontramos os bombeiros voluntários, os museus e bibliotecas.

Resto do mundo – caem nesta unidades especial todas as unidades não residentes que realizem operações com unidades institucionais residentes ou tenham com estas outras relações de natureza económica. Não devemos esquecer que certas unidades do resto do mundo podem localizar-se em território nacional, como as embaixadas, consolados, bases militares e também organizações internacionais.