Tag Archives: População ativa

População inativa

População inativa

População inativa

População inativa

A população inativa é constituída por todos os indivíduos com idades inferiores a 16 anos, todos os reformados e todos os que, tendo idade superior a 16 anos e não estejam reformados, não possuam capacidade para o exercício de uma atividade remunerada: deficientes, inválidos, estudantes com mais de 16 anos e donas de casa,

A idade a partir da qual se pode entrar no mercado do trabalho e a idade máxima para um trabalhador se reformar variam de país para país, estando relacionadas com o grau de desenvolvimento de cada país.

 

População ativa e inativa

População ativa e inativa

População ativa e inativa

População ativa e inativa

População ativa representa todos os indivíduos que desempenham atividades remuneradas ou os que embora não estejam empregados se encontrem à procura de emprego.

População inativa é composta por todas as pessoas que não desempenham atividades remuneradas onde se incluem os indivíduos com idade inferior a 15 anos ou superior a 64 anos. Os estudantes, as donas de casa, os deficientes, os inválidos, as crianças, os reformados ou os pensionistas fazem parte da população inativa.

Diferentes tipos de desemprego

 

Diferentes tipos de desemprego

 Diferentes tipos de desemprego

Diferentes tipos de desemprego

  Diferentes tipos de desemprego

Diferentes tipos de desemprego

Desemprego: situação em que os indivíduos que gostariam de encontrar emprego não o conseguem. Existe desta forma uma inactividade forçada da mão de obra.

Desemprego estrutural: ocorre quando existe uma inadequação duradoura entre a oferta e a procura de trabalho. A evolução das estruturas da economia pode levar a um subemprego.Ocorre por exemplo quando os progressos técnicos, que podem substituir o homem pela máquina ou inadequações como a falta de formação desta forma a qualificação dos trabalhadores não é compatível com as necessidades do mercado de trabalho.

Desemprego de longa duração: ocorre quando alguém se encontra à procura de emprego num período superior a 12 meses (1 ano). Quando este tipo de desemprego prossegue por muito tempo, as pessoas deixam de receber subsídios agravando desta forma a sua situação económica, que pode em alguns casos ser geradora de exclusão social.

Desemprego temporário semelhante a desemprego friccional. Traduz a situação passageira das pessoas que se encontram entre dois empregos, quando saíram de um para ingressarem noutro.

Desemprego repetitivo: característico de pessoas que têm trabalhos pouco estáveis e que têm poucas qualificações e que desta forma conhecem múltiplas passagens pelo mercado de trabalho

Desemprego tecnológico: corresponde a situações onde ocorre dificuldade de acompanhamento da evolução tecnológica por parte dos trabalhadores e que afecta principalmente os grupos etários mais elevados.

Desemprego sazonal: Está relacionado com atividades que são realizadas em determinadas épocas do ano e que depois dispensam a colaboração dos trabalhadores durante o resto do ano. Por exemplo trabalhos ligados à agricultura e ao turismo.

Desemprego friccional: resulta de uma insuficiente mobilidade dos trabalhadores. Entre dois empregos, uma pessoa pode encontrar-se desempregada durante algumas semanas, sem que esta situação signifique necessariamente que não exista emprego.

 

 

População ativa

População ativa

População ativa

População ativa

A população ativa representa todos os indivíduos que desempenham atividades remuneradas ou os que, embora não estejam empregados num determinado momento, se encontram à procura de emprego.

A população ativa inclui desta maneira os empregados e os desempregados.