Tag Archives: cursos intensivos preparação exame economia 11º ano

O que é a produtividade?

O que é a produtividade?

O que é a produtividade?

O que é a produtividade?

A produtividade indica a eficácia com a qual estamos a utilizar os diversos fatores de produção.

A produtividade mostra-nos a relação entre uma certa quantidade de produto e a quantidade de um ou mais fatores afetados à sua produção. A produtividade permite, conhecer o valor da produção por unidade de recurso utilizada.

Desta forma a produtividade mede-se pela quantidade produzida ou o seu valor em função da quantidade ou valor dos fatores utlizados.

Podemos falar em produtividade do trabalho, de uma máquina ou de uma superfície de terra.

A produtividade é um indicar muito importante para podermos analisar a saúde de uma economia.

Cálculo da produtividade

Produtividade média do trabalho = Quantidade de produto obtido / quantidade do fator trabalho utilizado (horas de trabalho ou nº de trabalhadores)

ou  (valor do produto obtido / valor do trabalho empregue)

Produtividade média do capital = quantidade de produto obtido / quantidade de capital técnico utilizado

ou

valor do produto obtido / valor do capital técnico utilizado

Quando estabelecemos a relação entre o valor total da produção e o valor total dos recursos para a obter, temos a produtividade total.

Quando se calcula a produtividade, sempre que se passa a usar mais uma unidade do fator trabalho ou do fator capital, obtemos a produtividade marginal.

 

Tipo de Agentes Económicos

Tipo de Agentes Económicos

Tipo de agentes económicos

Tipo de agentes económicos

Os agentes económicos

Famílias: incluem todos os agregados familiares de um país. As famílias constituem um agente económico porque representam uma função económica, o consumo.

Empresas – São os agentes económicos que se dedicam à produção de bens e serviços. Dividem em dois tipos diferentes:

Empresas não financeiras: são aquelas que produzem os bens e serviços não financeiros (por exemplo: um ginásio, um restaurante, etc.)

Empresas financeiras: são aquelas que comercializam produtos financeiros, como por exemplo os bancos ou as seguradoras.

Estado: neste agente incluímos a Administração Pública, esta tem como principal função promover a satisfação das necessidades coletivas. O Estado intervém na economia através da redistribuição dos rendimentos e do fornecimento de serviços, como a educação ou a saúde, de modo a satisfazer as necessidades da população.

Resto do Mundo: englobam-se todas as operações efetuadas entre um país e o Resto do Mundo. Registam-se as transações realizadas entre os agentes nacionais e os agentes estrangeiros. Atualmente, quase não se pode falar em economias fechadas, pelo que é praticamente impossível viver sem estabelecer relações de troca com outras nações. As maioria das nações estabelece relações económicas com outros países, estabelecendo assim um modelo de economia aberta.

Funções principais dos agentes económicos

Famílias: Função principal é consumir bens e serviços.

Empresas não financeiras: Produzir bens e serviços não financeiros

Empresas financeiras: Produzem serviços financeiros

Estado: O Agente económico que gere a aplicação das leis e arbitra o circuito económico.

Exterior ou Resto do Mundo: Relações com o resto do Mundo. Realização de transações com agentes estrangeiros

Problemas económicos fundamentais

Problemas económicos fundamentais

O que produzir e em que quantidades (lado da oferta);

Como produzir, tecnologia, tipo de produção (organização produtiva, empresas), com que recursos.

Para quem? (lado da procura)

Quem beneficia com o esforço económico?

Quak a forma de redistribuir o rendimento?

Que tipo de sociedade se pretende criar?

 

Questões revisão Tema União Europeia

Questões revisão Tema União Europeia

 

  1. O Fundo Social Europeu (FSE) é um dos Fundos Estruturais da UE e foi concebido para reduzir as diferenças de prosperidade e padrões de vida entre os Estados-membros e regiões da UE, promovendo, desta forma, a coesão económica e social.
    1. Justifique a importância dos fundos estruturais da União Europeia, particularmente no que se refere ao combate ao desemprego.
  2. A partir do dia 1 de Julho de 2013
    1. a UE passou a ter 29 Estados-membros.
    2. a área do Euro passou a integrar 18 países.
    3. a Croácia tornou-se o 28º país da UE.
    4. a Eslovénia aderiu ao euro.
  3. Os Tratados de Roma, assinados, em 1957, por seis países europeus, criaram.
    1. a EURATOM e a EFTA.
    2. a EURATOM e a CEE.
    3. a CECA e a EFTA.
    4. a CECA e a CEE
  4. Um dos critérios de convergência nominal para a adesão à moeda única, contemplado no tratado de Maastricht, estabelece que a relação entre
    1. o investimento público e o Produto Interno Bruto do país não deve exceder 3% durante o ano anterior à decisão de entrada no euro.
    2. a inflação do país e a inflação média comunitária deve ser inferior a 3% durante o ano anterior à decisão de entrada no euro.
    3. a taxa de juro do país e a taxa de juro média comunitária deve ser inferior a 3% durante o ano anterior à decisão de entrada no euro.
    4. o défice orçamental e o Produto Interno Bruto do país não deve exceder 3% durante o ano anterior à decisão de entrada no euro.
  5. A forma mais fraca de integração económica é …
    1. o Mercado Comum.
    2. o Sistema de Preferências Aduaneiras.
    3. a Zona de Comércio Livre.
    4. a União Aduaneira.
  6. Leia o texto que se segue.
    1. O Quinto alargamento da União Europeia é uma das provas do sucesso da integração. Sendo natural, sendo mesmo desejável a todos os títulos, este alargamento é particularmente exigente e desafiante.
    2. Exponha dois dos desafios que se colocam à União Europeia, decorrentes da entrada de novos membros.
  7. Apresente dois problemas que o alargamento da União Europeia trouxe a Portugal
  8. O Tratado de Maastricht definiu como critério de adesão à moeda única, entre outros…
    1. um controlo na circulação de pessoas e capitais;
    2. um défice orçamental não superior a 3% do PIB
    3. um controlo na circulação de pessoas e capitais
    4. uma taxa de inflação inferior a média das taxas de inflação dos países dos países da UE…
  9. Um acordo entre um conjunto de países que aceitam abolir entre si todos os direitos aduaneiros e restrições quantitativas ao comércio de mercadorias denomina-se…
    1. Barreira Aduaneira
    2. Sistema de Preferências Aduaneiras
    3. Zona de Comércio Livre
    4. União Aduaneira
  10. O euro foi adotado a 1 de Janeiro de 1999 por 11 estados membros da UE, entre os quais se encontravam.
    1. Portugal, Alemanha e Dinamarca.
    2. Finlândia, Irlanda e Áustria.
    3. Bélgica, Grécia e Reino Unido,
    4. Espanha, França e Suécia.
  11. Considera-se um pilar da União Europeia
    1. O Parlamento Europeu
    2. a Cooperação na Justiça e assuntos internos
    3. a política das pescas
    4. O pacto de Estabilidade e Crescimento
  12. O Ato Único Europeu
    1. criou a Comunidade Económica Europeia
    2. criou um sistema de preferências aduaneiras
    3. preparou o terreno para a integração política e a União Económica e Monetária, instituídas mais tarde, no Tratado da União Europeia
    4. Criou o Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional
  13. Em 2012, faziam parte da Área do Euro, entre outros países.
    1. A Alemanha, a França e a Dinamarca.
    2. A Suécia, a Finlândia e a Bélgica.
    3. Todos os que assinaram os Tratados de Roma em 1957.
    4. Todos os que integravam a UE em 2004.
  14. Identifique os principais desafios para a UE resultantes:
    1. do alargamento
    2. do aprofundamento
    3. e da necessidade de afirmação externa
  15. A Comissão Europeia é a instituição da UE que tem, entre outras, a função de…
    1. assegurar a estabilidade dos preços na área do euro.
    2. garantir a aplicação dos tratados da UE-
    3. definir as taxas de juro na área do euro.
    4. gerir a política monetária da UE.
  16. Justifique a necessidade de reforma das instituições em consequência do aumento do nº dos seus membros
  17. Uma união aduaneira, para além da livre circulação de mercadorias, exige a…
    1. adopção de políticas económicas e monetárias comuns
    2. existência de uma pauta aduaneira comum para os bens importados de países terceiros
    3. livre circulação de serviços, pessoas e capitais
    4. ausência de direitos aduaneiros dobre os bens importados de países terceiros
  18. Caracterize o conceito de integração económica, explicando a diferença entre uma zona de comércio livre e uma união aduaneira.
  19. O princípio orientador da ação de União Europeia que consiste em promover o desenvolvimento harmonioso através da progressiva aproximação dos níveis de rendimento médio e de qualidade de vida das populações das regiões de cada um dos Estados-membros designa-se por…
    1. coesão económica e social.
    2. convergência nominal.
    3. subsidiariedade estrutural.
    4. solidariedade monetária e fiscal.
  20. Um processo de integração económica entre dois ou mais países implica, usualmente…
    1. um aumento dos saldos das suas balanças de mercadorias
    2. uma diminuição dos saldos das suas balanças de mercadorias
    3. um aumento da interdependência das respetivas economias
    4. uma diminuição da interdependência das respetivas economias
  21. Leia o texto que se segue. Este fundo, instituído em 1994, pela União Europeia, apoia financeiramente a realização de projetos nos domínios do ambiente e das redes transeuropeias em matéria de infraestruturas de transportes e é um dos instrumentos financeiros da política regional da União Europeia – juntamente com os fundos estruturais.                                                                       Agostinho Branquinho et al., Novo Dicionário de Termos Europeus, Lisboa, Alêtheia Editores, 2011, p. 222 (adaptado). Relacione os objetivos do fundo a que o texto se refere com o princípio da coesão económica e social da UE, Comece por identificar esse fundo.
  22. “Atualmente há oito países aos quais a UE ofereceu a perspetiva de adesão: Albânia, Turquia, Islândia, e os países da ex-Jugoslávia, com exceção da Eslovénia e da Croácia, que já fazem parte da UE. Cinco destes têm o estatuto de candidato oficial:  Turquia;  Sérvia;  Antiga República Jugoslava da Macedónia; Islândia; Montenegro”.   http://europeu.eu                                                        Exponha alguns dos principais desafios que Portugal tem sentido com os sucessivos alargamentos da União Europeia.

Preparação Exame de Economia 11º ano Póvoa Sto Adrião

Preparação Exame de Economia 11º ano Póvoa Sto Adrião

Preparação Exame de Economia 11º ano Póvoa Sto Adrião

Preparação Exame de Economia 11º ano Póvoa Sto Adrião

Preparação Exame de Economia 11º ano 1ª fase

Preparação Exame de Economia 11º ano 1ª fase

Fornecemos uma equipa de professores qualificados e experientes, motivados para dar em sua casa explicações individuais para cada aluno que seguem um plano individual de acordo com as suas necessidades específicas.
O apoio será dentro da intensidade e periodicidade desejada pelo aluno.
Preços económicos. Aproveite as nossas promoções.
O apoio será dentro da intensidade e periodicidade desejada pelo aluno.
Locais de formação: Odivelas, Loures, Pontinha, Famões, Ramada, Frielas,Santo António dos Cavaleiros,Caneças, Colinas do Cruzeiro, Benfica, Carnide, Alfornelos, Olivais, Moscavide,Alvalade, Parque das Nações, Moscavide, Lumiar e Telheiras
Packs Happy Hours descontos até 30%
Serviço de Gestor de cliente, apoio ao aluno e encarregado de educação.
Relatório mensal elaborado pelo gestor de cliente, contato personalizado com os encarregados de educação.
Apoio ao domicílio todos os anos e disciplinas
Preparação para todos os exames do 12º Ano
Professores experientes – Bons Resultados
Resolução de exames de anos anteriores
Traz um amigo e tenham ambos oferta de 10% de desconto
Contactos: 21 931 23 97 / 91 818 70 95 email: info@kids.com.pt
Contactos: 918187095
Email: info@kids.com.pt
Site: www.kids.com.pt

Preparação Exame de Economia 11º ano Pontinha

Preparação Exame de Economia 11º ano Pontinha

Preparação Exame de Economia 11º ano Pontinha

Preparação Exame de Economia 11º ano 1ª fase

Preparação Exame de Economia 11º ano 1ª fase

Fornecemos uma equipa de professores qualificados e experientes, motivados para dar em sua casa explicações individuais para cada aluno que seguem um plano individual de acordo com as suas necessidades específicas.
O apoio será dentro da intensidade e periodicidade desejada pelo aluno.
Preços económicos. Aproveite as nossas promoções.
O apoio será dentro da intensidade e periodicidade desejada pelo aluno.
Locais de formação: Odivelas, Loures, Pontinha, Famões, Ramada, Frielas,Santo António dos Cavaleiros,Caneças, Colinas do Cruzeiro, Benfica, Carnide, Alfornelos, Olivais, Moscavide,Alvalade, Parque das Nações, Moscavide, Lumiar e Telheiras
Packs Happy Hours descontos até 30%
Serviço de Gestor de cliente, apoio ao aluno e encarregado de educação.
Relatório mensal elaborado pelo gestor de cliente, contato personalizado com os encarregados de educação.
Apoio ao domicílio todos os anos e disciplinas
Preparação para todos os exames do 12º Ano
Professores experientes – Bons Resultados
Resolução de exames de anos anteriores
Traz um amigo e tenham ambos oferta de 10% de desconto
Contactos: 21 931 23 97 / 91 818 70 95 email: info@kids.com.pt
Contactos: 918187095
Email: info@kids.com.pt
Site: www.kids.com.pt