Poupança intervenientes

Poupança intervenientes

As famílias geram poupanças por vários motivos:

Especulação

A aplicação do rendimento pode ser feita de forma especulativa, adquirindo algo por um determinado valor e mais tarde vender por um valor superior fazendo aumentar o capital inicial.

Despesa Futura (investimento/consumo)

O desejo de adquirir algo dispendioso implica a existência de uma poupança durante um determinado período de tempo até perfazer a quantia necessária.

Precaução (incerteza)

A incerteza quanto ao futuro pode ser uma causa para a poupança. O receio de falta de fontes de rendimento no futuro ou a necessidade de precaução contra o aparecimento de despesas inesperadas leva-as a reservarem uma quantia no presente, como meio de precaução.

Mas também as empresas efetuam poupanças para poderem realizar investimentos futuros,