Ótica da Despesa

Ótica da Despesa

As componentes que constituem a despesa são:

Consumo total

Investimento Bruto

Exportações e as importações

O Consumo total (CT) inclui as despesas de consumo efetuadas pelo Estado também designadas por consumo público (G), e o total de despesas de consumo efetuadas pelas famílias e empresas (C) que constituem o consumo privado (G).

Consumo total = Consumo Privado + Consumo Público

O Investimento bruto (I) inclui a formação bruta de capital fixo (FBCF) corresponde ao investimento em bens de equipamento, edifícios, carros, etc. A variação de existências (VE) determina as alterações ocorridas entre o inicio e o fim do ano nos stocks de existências.

Investimento bruto = FBCF + Variação de existências

Exportações representam as vendas ao exterior, estas constituem despesas para o país devido ao facto de a sua produção ocorrer em território nacional, pois as empresas nacionais têm encargos com esta produção. No sentido inverso, temos o valor das importações, uma vez que os gastos com a produção destes bens ficam por conta das empresas estrangeiras.

Procura Interna = Consumo Total (C +G) + Investimento Bruto (FBCF + VE)

Procura Externa = Exportações

Procura Global = Procura Interna + Exportações (são produzidas no nosso país é uma despesa nacional).

Despesa Interna = Procura Global – Importações (o custo da importações refere-se a produção efetuada noutros países daí o sinal negativo).

DI = C+G+FBCF + VE + X -M = Consumo Total + Investimento Bruto + Exportações – Importações. = PIB pm

DN, Despesa Nacional

DN = DI + SRRM = PNBpm

DN = C + G +FBCF+ VE + X-M + SRRM = PNBpm