Ficha 11– Preparação Exame Economia,Taxa de cobertura,Balança Comercial,Balança de serviços, Defice comercial, Taxa de cobertura inferior a 100%, B Corrente

Ficha 11– Preparação Exame Economia

Ficha 11– Preparação Exame Economia

Centro de Estudos Kids.com – 91 818 70 95

Aulas online, + segurança + conforto + económico

Colectânea de exercícios saídos em exames nacionais

Grupo I

Exercício nº 1

Incluem-se na população activa…
A. … as donas de casa e os estudantes.
B. … os desempregados e os reformados.
C. … a população empregada e as donas de casa.
D. … os desempregados e a população empregada.

Exame 2007 2ª Fase

Exercício nº 2

Exame 2007 2ª Fase

Exercício nº 3

Uma empresa privada de correio expresso, num determinado momento, contratou mais três motoristas e
adquiriu mais três carrinhas, com o objetivo de aumentar a sua capacidade produtiva.
As carrinhas utilizadas pela referida empresa são consideradas capital
(A) técnico fixo.
(B) técnico circulante.
(C) não duradouro.
(D) não comercial.

Exame 2016 época especial

Exercício nº 4

A desvalorização da moeda do país A relativamente à moeda do país B, considerando os restantes
fatores constantes, poderá provocar, no
(A) país A, um aumento da quantidade de bens importados do país B.
(B) país B, uma redução dos preços dos bens importados do país A.
(C) país B, uma redução do consumo privado de bens importados do país A.
(D) país A, um aumento da carga fiscal sobre os bens importados do país B

Exame 2012 época especial

Exercício nº 5

No país A, para estimular o crescimento da produtividade, o Estado decidiu concretizar a medida
estabelecida no Orçamento do Estado desse ano que consistia num programa de formação obrigatória
para os quadros superiores da Administração Central. Alguns empresários do sector privado, por sua
iniciativa, adotaram a mesma medida. Nestas condições, podemos considerar a medida adotada pelo
Estado como imperativa para o
(A) sector público.
(B) sector privado.
(C) sector cooperativo.
(D) sector financeiro.

Exercício nº 6

Para a Contabilidade Nacional, o território económico de um país…
A. … coincide com o seu território terrestre.
B. … inclui as suas águas territoriais.
C. … exclui as suas embaixadas no estrangeiro.
D. … ignora a existência do seu espaço aéreo.

Exame 2008 1ª Fase

Exercício nº 7

Um mercado de monopólio caracteriza-se pela existência de…
A. … muitos vendedores e alguns compradores.
B. … alguns vendedores e um comprador.
C. … muitos vendedores e um comprador.
D. … um vendedor e muitos compradores.

Exame 2007 2ª Fase

Exercício nº 8

Em 2015, um banco comercial utilizou parte dos depósitos dos seus clientes para conceder empréstimos
às empresas não financeiras e às famílias. Podemos concluir que esse banco
(A) participou no processo de emissão de papel-moeda.
(B) participou no processo de criação de moeda escritural.
(C) contribuiu para o financiamento interno das empresas não financeiras.
(D) contribuiu para o autofinanciamento das empresas não financeiras.

Exame 2016 época especial

Exercício nº9

Na ótica da Contabilidade Nacional, a despesa de construção de habitação própria por parte das Famílias
é registada como
(A) uma poupança.
(B) um consumo.
(C) uma riqueza.
(D) um investimento.

Exame 2012 época especial


Exercício nº 10

Uma empresa, constituída por capitais do país B, explora, há dois anos, gás natural em águas territoriais
do país A. O valor acrescentado bruto criado na produção de gás natural, por essa empresa, em águas
territoriais do país A, é contabilizado, pelo Sistema de Contas Nacionais, no PIB do país A.
Esta afirmação é
(A) falsa, porque a empresa que faz a exploração de gás natural é uma unidade residente no país B.
(B) falsa, porque as plataformas de exploração de gás natural desta empresa estão localizadas no
território económico do país B.
(C) verdadeira, porque a produção efetuada, no resto do mundo, por residentes no país A corresponde
ao valor do PIB desse país.
(D) verdadeira, porque as águas territoriais do país A fazem parte do território económico desse país.

Exame 2015 1ª Fase

Exercício nº 11

Quando uma empresa gera custos que não são, na totalidade, incorporados no preço de venda dos bens
produzidos, considera-se que estamos perante
(A) uma externalidade.
(B) um monopólio.
(C) uma amortização.
(D) um bem público.

Exame 2012 época especial

Exercício nº 12

Em 2014, num dado país, o Produto Interno Bruto a preços de mercado foi 900 milhões de euros e
o Produto Nacional Bruto a preços de mercado foi 800 milhões de euros. Com base nestes dados,
podemos afirmar que, nesse ano e nesse país,
(A) o saldo dos rendimentos do trabalho, da propriedade e da empresa com o resto do mundo foi negativo.
(B) o saldo dos rendimentos do trabalho, da propriedade e da empresa com o resto do mundo foi positivo.
(C) o valor dos impostos indiretos líquidos de subsídios à produção foi negativo.
(D) o valor dos impostos indiretos líquidos de subsídios à produção foi positivo.

Exercício nº13

Num determinado ano, no país X, verificou-se que o valor das exportações de bens foi de 10 000 milhões
de unidades monetárias, e que o valor das importações de bens foi de 20 000 milhões de unidades
monetárias. Então, nesse ano,
(A) a taxa de cobertura foi de 20%.
(B) a taxa de cobertura foi negativa.
(C) o saldo da balança de mercadorias foi deficitário.
(D) o saldo da balança corrente foi positivo.

Exame 2011 2ª Fase

Exercício nº 14

Actualmente, em vários países da Europa, os sistemas de Segurança Social correm risco
de ruptura financeira. Um dos factores responsáveis por esse facto pode ser…
A. … a diminuição da população empregada.
B. … o aumento da população empregada.
C. … a diminuição da população inactiva.
D. … o aumento da população residente.

Exame 2007 2ª Fase

Exercício nº 15

Um saldo orçamental positivo das Administrações Públicas significa que…
A. … o Estado deve recorrer a empréstimos para pagar o superavit.
B. … os impostos directos pagos ao Estado ultrapassam o valor dos indirectos.
C. … as receitas do Estado são superiores às suas despesas.
D. … as exportações realizadas pelo Estado excedem, em valor, as suas importações.

Exercício nº 16

O Governo do país A decidiu cobrar um direito aduaneiro no valor de 2 euros por cada unidade importada
de um determinado bem. Esta medida constitui uma barreira alfandegária
(A) tarifária e inclui-se numa política comercial livre-cambista.
(B) não tarifária e inclui-se numa política comercial livre-cambista.
(C) tarifária e inclui-se numa política comercial protecionista.
(D) não tarifária e inclui-se numa política comercial protecionista.

Exame 2016 época especial

Exercício nº 17

Num determinado país, em 2014, o Estado, com o objetivo de aumentar as receitas públicas totais, decidiu
agravar em 2 pontos percentuais as taxas do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS).
Considerando-se tudo o resto constante, podemos afirmar que esta medida de política fiscal provocou
(A) a redução do excedente das contas públicas.
(B) o aumento do poder de compra das famílias.
(C) o aumento do salário nominal médio da economia.
(D) a redução do rendimento disponível dos particulares.

Exame 2015 época especial

Exercício nº 18

Em 2004, o alargamento da União Europeia a 10 novos Estados-Membros trouxe vários desafios,
nomeadamente, a necessidade de reorientar os fundos comunitários para fomentar a convergência real
destes novos Estados-Membros.
A afirmação anterior é
(A) falsa, pois o valor médio do produto interno bruto por habitante dos novos países era superior ao
valor médio da União Europeia a 15 Estados-Membros.
(B) verdadeira, pois o valor médio do produto interno bruto por habitante dos novos países era inferior
ao valor médio da União Europeia a 15 Estados-Membros.
(C) falsa, pois os fundos da União Europeia foram utilizados na totalidade para financiamento de projetos
nos antigos Estados-Membros.
(D) verdadeira, pois os fundos da União Europeia foram utilizados na totalidade para financiamento de
projetos nos novos Estados-Membros.

Exame 2017 época especial

Exercício nº 19

Num Estado-membro da União Europeia, os direitos de importação aplicados sobre um dado bem
proveniente de países terceiros são
(A) diferentes dos direitos aplicados sobre o mesmo bem pelos restantes Estados-membros e
constituem uma das receitas do Orçamento da União.
(B) diferentes dos direitos aplicados sobre o mesmo bem pelos restantes Estados-membros e
constituem uma das despesas do Orçamento da União.
(C) iguais aos direitos aplicados sobre o mesmo bem pelos restantes Estados-membros e constituem
uma das despesas do Orçamento da União.
(D) iguais aos direitos aplicados sobre o mesmo bem pelos restantes Estados-membros e constituem
uma das receitas do Orçamento da União.

Grupo II

Exame 2007 2ª Fase

Questão 3

Exame 2011 2ª Fase

Grupo III

Exame 2008 1ª Fase

Cotações da Prova

Preparação para os Exames Nacionais 2020

Aulas online de Economia
Explicações de Economia online

Contactos: 91 818 70 95

visite–nos: kids.com.pt

Ficha 11– Preparação Exame Economia,Taxa de cobertura,Balança Comercial,Balança de serviços, Defice comercial, Taxa de cobertura inferior a 100%, B Corrente