Exercícios Economia portuguesa no contexto da União Europeia

Exercícios Economia portuguesa no contexto da União Europeia

  1. Num processo de integração económica entre dois ou mais países, a implementação da livre circulação de mercadorias, de serviços, de capitais e de pessoas traduz-se na criação de…
    1. uma zona de comércio livre
    2. um mercado comum
    3. uma união aduaneira
    4. um sistema de preferências aduaneiras
  2. Uma das vantagens que a integração económica entre dois ou mais países apresenta é a de…
    1. a produtividade do trabalho, necessariamente, aumentar nesses países
    2. as decisões de política económica serem apenas tomadas por unanimidade
    3. as empresas desses países poderem realizar economias de escala
    4. a Balança de Pagamentos de cada um desses países se apresentar equilibrada.
  3. O Euro foi adoptado a 1 de Janeiro de 1999 por 11 Estados membros da União Europeia, entre os quais se encontravam….
    1. Portugal, Alemanha e Dinamarca
    2. Finlândia, Irlanda e Áustria
    3. Bélgica, Grécia e Reino Unido
    4. Espanha, França e Suécia
  4. A forma mais fraca de integração económica é…
    1. O mercado Comum
    2. Sistema de preferências aduaneiras
    3. Zona de Comércio Livre
    4. União Aduaneira
  5. Os tratados de Roma, assinados em 1957, por seis países europeus, criaram
    1. a EURATOM e a EFTA
    2. a EURATOM e a CEE
    3. a CECA e a EFTA
    4. a CECA e a CEE
  6. São países fundadores da CEE
    1. a Holanda, a Espanha e o Reino Unido
    2. o Reino Unido, a Itália e a Suíça
    3. a França, a Itália e a Holanda
    4. a Suíça, a Espanha e a França
  7. Com a coesão económica e social, um dos objectivos da União Europeia, pretende-se…
    1. aproximar o nível de vida dos cidadãos europeus
    2. repartir o orçamento comunitário de forma igual
    3. aprofundar a convergência nominal entre os países europeus
    4. desenvolver a agricultura dos países membros da zona euro
  8. Leia o texto que se segue…  Este fundo, instituído em 1994, pela União Europeia, apoia financeiramente a realização de projetos nos domínios do ambiente e das redes transeuropeias em matéria de infraestruturas de transportes e é um dos instrumentos financeiros da política regional da União Europeia – juntamente com os fundos estruturais. …  Relacione os objetivos do fundo a que se refere o princípio da coesão económica e social da UE. Começe por identificar esse fundo,
  9. O processo de alargamento da União Europeia realizado em 2004 implicou vários desafios, nomeadamente, o de…
    1. reconstrução da Europa Ocidental;
    2. reorientação dos fundos comunitários;
    3. reforço da soberania política de cada um dos Estados-Membros;
    4. reforço da soberania monetária de cada um dos Estados-Membros.
  10. Um processo de integração económica entre dois ou mais países implica, usualmente,…
    1. um aumento dos saldos das suas balanças de mercadorias;
    2. uma diminuição dos saldos das suas balanças de mercadorias;
    3. um aumento da interdependência das respetivas economias;
    4. uma diminuição da interdependência das respetivas economias.
  11. O principio da subsidiariedade
    1. obriga a que o conteúdo e a forma de ação da União Europeia não excedam o necessário para atingir os objetivos pretendidos;
    2. visa promover a coesão económica e social
    3. delimita o nº de votos, por país, no Conselho de Ministros
    4. Visa garantir a intervenção da União Europeia apenas nas situações em que não é possível operar,de forma eficiente , uma resolução ao nível nacional.
  12. O princípio orientador da ação da União Europeia que consiste em promover o desenvolvimento harmonioso através da progressiva aproximação dos níveis de rendimento médio e de qualidade de vida das populações das regiões de cada um dos Estados-membros designa-se por…
    1. coesão económica e social
    2. convergência nominal
    3. subsidiaridade estrutural
    4. solidariedade monetária e fiscal
  13. A comissão Europeia é a instituição da União Europeia que tem, entre outras, a função de…
    1. assegurar a estabilidade dos preços na área do euro
    2. garantir a aplicação dos tratados da União Europeia;
    3. definir as taxas de juro na área do euro
    4. gerir a política monetária da União Europeia.
  14. Em 2012, faziam parte da Área do Euro, entre outros países.
    1. a Alemanha, a França e a Dinamarca.
    2. a Suécia, a Finlândia e a Bélgica.
    3. todos os que assinaram os Tratados de Roma em 1957.
    4. todos os que integravam a União Europeia em 2004.
  15. Atualmente, em vários países da Europa, os sistemas de segurança social correm risco de rutura financeira. Um dos fatores responsáveis por esse facto pode ser…
    1. o aumento da população empregada
    2. a diminuição da população inactiva
    3. o aumento da população residente
    4. a diminuição da população empregada.
  16. “Atualmente há oito países aos quais a UE ofereceu a perspetiva de adesão: Albânia, Turquia, Islândia e os países da ex-Jugoslávia, com exceção da Eslovénia e da Croácia, que já fazem parte da UE. Cinco destes têm o estatuto de candidato oficial: Turquia, Sérvia, Antiga República Jugoslava da Macedónia, Islândia, Montenegro” http://europa.eu/ (acedido em julho de 2013).  Exponha alguns dos  principais desafios que Portugal tem sentido com os sucessivos alargamentos da União Europeia.
  17. Leia o documento seguinte:  Ato Único Europeu.  Assinatura: 17 de fevereiro de 1986 (Luxemburgo) / 28 de fevereiro de 1986 (Haia). Entrada em vigor: 1 de julho de 1987. Objetivos: proceder à reforma das instituições para preparar a adesão de Portugal e de Espanha e simplificar a tomada de decisões na perspetiva do mercado único. Principais mudanças: extensão da votação por maioria qualificada no Conselho (tornando assim mais difícil que um único país possa vetar uma proposta legislativa), introdução de processos de cooperação e de comum acordo que conferiram maior peso ao Parlamento.  http://europa.eu (acedido em julho de 2013). Comente o documento referente ao Ato Único Europeu, explicitando algumas das principais prioridades que este estabelecida.
  18. Caracterize o conceito de integração económica, explicando a diferença entre uma zona de comércio livre e uma união aduaneira.