Category Archives: Moeda

Moeda papel

Moeda papel

Moeda papel

Moeda papel

Moeda representativa

Na moeda representativa – as notas em circulação representam igual valor de moeda metálica depositada no banco.

Moeda fiduciária

Moeda fiduciária – do latim fidúcia, que significa confiança. As notas em circulação excedem o valor do ouro depositado, mas não são convertíveis.

Papel moeda – notas inconvertíveis, de curso forçado decretado peço estado.

—A moeda metálica foi substituída pela moeda papel pelo seguinte:

—Existia o inconveniente do peso e da dificuldade de transporte e contagem.

—Por outro lado a moeda papel assegurava mais segurança porque não era visível.

Formas atuais de moeda

Moeda metálica ou moeda de trocos

Papel – moeda – notas

Moeda escritural – depósitos à ordem nos bancos movimentados através de cheques, cartões de débito, cartões de crédito, transferências eletrónicas.

O papel moeda existe ainda nos nossos dias e apresenta como principais vantagens a facilidade de transportem manuseamento e guarda. As notas não têm valor intrínseco, ou seja, o valor do material em que são feitas não corresponde ao valor nelas inscrito.

Desmaterialização da moeda

Com a preponderância cada vez maior da moeda escritural existe uma tendência para o desaparecimento do papel moeda. Na maior parte das transações deixa de existir moeda com suporte físico. A desmaterialização da moeda assume nos nossos dias formas cada vez mais sofisticadas, entrámos no mundo do dinheiro em formato digital em que o suporte físico desmaterializa-se transformando-se em bytes.

Matéria Economia 10º ano

 

 

Definições – diferentes tipos de moeda

Definições – diferentes tipos de moeda

Moeda: Bem utilizado como intermediário nas trocas, de aceitação generalizada, que serve de meio de reserva de valor e para medir o valor dos bens.

Moeda de papel: Engloba a moeda representativa, a moeda fiduciária e o papel. moeda.

Moeda eletrónica: cartões bancários de débito ou de crédito (é uma das formas de movimentação da moeda escritural).

Moeda escritural: depósitos bancários movimentados através de cheques, transferências, ordens de pagamento ou cartões de multibanco.

Moeda fiduciária: notas convertíveis emitidas num montante superior ao valor efetivamente depositado.

Moeda informática: utilização do computador para movimentar depósitos bancários, como as transferências ou ordens de pagamento efetuadas através da internet (é uma das formas de movimentação da moeda escritural).

Moeda mercadoria: Bem de aceitação generalizada que servia na fase inicial da moeda como intermediário nas trocas. Qualquer bem considerado útil por uma comunidade poderia servir como moeda de troca.

Moeda representativa: Notas em circulação que correspondem ao valor exato depositado em metal precioso nos cofres dos bancos.

Papel moeda: Notas inconvertíveis de curso forçado imposto pelo Estado.

 

Criação de moeda escritural

Criação de moeda escritural

A moeda escritural é aquela que resulta da captação de depósitos, a concessão de crédito e a criação de moeda escritural são as principais fontes dos bancos. Mas os bancos também se dedicam à guarda e administração de valores e à prestação de serviços e consultoria.

 

Processos de destruição de moeda

Processos de destruição de moeda

Estes processos são o inverso dos processos criadores de moeda. Baseiam-se não na aquisição de ativos não monetários (tais como as obrigações ) mas sim na venda destes activos pela Banca.

A Banca destrói moeda, por exemplo, quando vende um imóvel a um particular. Esta operação modifica o balanço da Banca, o qual debita a conta do cliente, verificando-se uma diminuição da massa monetária.

Diferentes tipos de moeda

Diferentes tipos de moeda

A moeda é o bem utilizado como intermediário de trocas, de aceitação generalizada, que serve de meio de reserva de valor e para medir o valor dos bens.

A economia monetária pôs termo à economia de troca, ou seja a moeda substituiu a economia de permuta pela compra de bens e serviços através da moeda.

Moeda metálica – século VII AC, Ásia Menor

Moeda papel – China, Ocidente, século XVIII.

Existem diferentes tipos de moeda entre os quais se destacam:

Moeda electrónica: são os cartões bancários de débito ou de crédito, é uma das formas de movimentação da moeda escritural.

Moeda Escritural

Moeda Fiduciária

Moeda informática

Moeda Mercadoria

Moeda metálica

Moeda papel

Moeda representativa

Papel moeda

 Massa monetária

A massa monetária é a quantidade de moeda que existe numa dada economia, num dado momento.

A massa monetária é composta por:

  • Notas e moedas em circulação
  • Depósitos à Ordem
  • Depósitos a Prazo
  • Outras aplicações que possam exercer as funções da moeda

O sistema bancário cria uma parte considerável da massa monetária que existe num dado país.

Na atualidade, grande parte das transações monetárias é realizada direta ou indirectamente pelos intermediários financeiros.

FORMAS MONETÁRIAS
O nosso sistema monetário compreende três formas de moeda:
•Moeda metálica
•Papel moeda
•Moeda escritural ou bancária

Funções da moeda

  1. Meio de pagamento
  2. Unidade de conta
  3. Reserva de valor

 CARACTERÍSTICAS DA MOEDA

Características essenciais:

• Aceitabilidade geral

• Trocabilidade

• Disponibilidade (liquidez).

 Outras características importantes:

• divisibilidade;

• durabilidade;

• ter reduzida procura não monetária;

• manutenção do valor;

• prática de movimentar / transportar;

• dificilmente falsificável.

 

 

Ver também:

Componentes da massa monetária

Criação de moeda pelo sistema bancário

Processos de destruição de moeda

Procura da moeda

Oferta de moeda

Equilíbrio do mercado monetário

Sistema Europeu de Bancos Centrais

Questões de revisão

São considerados tipos de moeda

  1. o papel moeda e os cheques
  2. as notas de banco e os cartões de débito
  3. as notas de banco e os cartões de crédito
  4. o papel moeda e a moeda escritural

 

 

Questões de Exame Comércio e Moeda

Questões de Exame Comércio e Moeda

  1. Em Portugal, habitualmente, para se medir a evolução dos preços ao longo do tempo utiliza-se…
    1. O índice de preços do consumidor
    2. o índice harmonizado sintético
    3. O índice do consumo
    4. o índice sintético de preços
  2. No dia 1 de Janeiro de 2009, a área do euro passou a ser composta por…
    1. 12 países.
    2. 13 países.
    3. 15 países.
    4. 16 países.
  3. taxa de inflação
    1. é a taxa de crescimento dos juros
    2. é o preço do dinheiro
    3. é a taxa de crescimento dos preços no consumidor
    4. é a taxa de referência dos câmbios
  4. Em 2007, um dado país registou uma taxa de inflação de 5%. Podemos dizer que, nesse país, nessa ano…
    1. a moeda nacional registou um aumento do seu valor face às moeda estrangeiras.
    2. as pessoas cujo salário nominal se manteve inalterado perderam poder de compra.
    3. os trabalhadores ganharam poder de compra, se os salários nominais também tiverem subido 5%.
    4. os preços de todos os bens e serviços subiram, necessariamente, 5%.
  5. O índice de preços no consumidor
    1. calcula-se através da análise dos preços de um cabaz composto por produtos representativos dos hábitos de consumo de uma população.
    2. permite comparar a evolução da inflação em diferentes países.
    3. indica o preço pelo qual os consumidores estão dispostos a adquirir um determinado produto.
    4. é calculado através da inflação.
  6. Ao efectuarmos o pagamento de uma mercadoria por intermédio de um cartão multibanco (cartão de débito)estamos a recorrer a…
    1. papel-moeda
    2. notas de banco
    3. moeda escritural
    4. moeda mercadoria
  7. Uma determinada empresa dedica-se à compra de batata aos pequenos produtores para revender aos supermercados. Então, essa empresa dedica-se ao comércio
    1. grossista
    2. retalhista
    3. tradicional
    4. tradicional
    5. electrónico
  8. A família Saraiva possui uma pequena empresa que se dedica à venda de flores aos consumidores, as quais são compradas directamente aos produtores, exerce a sua actividade no rés de chão do prédio onde habita e a empresa não emprega outros trabalhadores. Classificamos o tipo de comércio praticado pela família Saraíva como comércio..
    1. integrado
    2. grossista
    3. independente
    4. primário
  9. A moeda escritural é…
    1. criada pelo Banco Central Europeu
    2. anterior à moeda mercadoria
    3. anterior à moeda metálica
    4. criada pelo sistema bancário
  10. A empresa «RM, Lda» realizou o pagamento dos salários relativos ao mês de Janeiro através de uma ordem de transferência bancária. Neste caso, a empresa utilizou uma forma de movimentação da…
    1. moeda metálica
    2. moeda escritural
    3. moeda-papel
    4. moeda divisionária
  11. O papel moeda é uma forma de moeda
    1. convertível, a taxa fixa em metal precioso
    2. baseada em contas de depósitos à ordem
    3. de curso forçado, decretado pelo Estado
    4. de utilização generalizada na troca directa
  12. Num determinado mercado, os retalhistas compram aos produtores os bens disponibilizam aos consumidores. Neste caso, estamos perante um circuito de distribuição…
    1. curto
    2. longo
    3. ultra longo
    4. ultra curto
  13. Uma empresa produtora de sumos de fruta não dispõe de uma loja para comercializar e revender e recorre a equipamentos instalados em estações de comboios para efectuar as suas vendas. Estes equipamentos fornecem pacotes de sumo mediante o pagamento com moeda metálica. O método de distribuição utilizado por esta empresa na venda de sumos de fruta designa-se por
    1. comércio itinerante
    2. comércio electrónico
    3. venda automática
    4. venda directa
  14. A moeda de papel cuja circulação se faz tendo por base a confiança na sua convertibilidade intitula-se…
    1. moeda fiduciária
    2. moeda representativa
    3. papel moeda
    4. moeda cunhada
  15. A actividade que estabelece uma ligação entre a produção e o consumo denomina-se….
    1. publicidade
    2. distribuição
    3. comércio
    4. transporte
  16. São considerados tipos de moeda
    1. papel moeda e cheques
    2. notas de banco e cartões de débito
    3. as notas de banco e os cartões de crédito
    4. o papel moeda e a moeda escritural
  17. O processo de criação de moeda levado a cabo pelo sistema bancário…
    1. implica a indexação das taxas de juro
    2. desenrola-se no mercado secundário
    3. permite a redistribuição do rendimento de um país
    4. é feito através da concessão de novos empréstimos que voltam a ser, parcialmente aplicados.
  18. Actualmente, assiste-se a uma perda do conteúdo material da moeda…
    1. passando, muitas vezes os seus proprietários a deter apenas documentos comprovativos da sua posse
    2. verificando-se uma desvalorização monetária
    3. que corresponde a uma diminuição das prestações sociais do Estado
    4. patente na diminuição das remessas dos emigrantes.
  19. As taxas de inflação dos países da União Europeia podem ser comparadas através…
    1. do índice de preços no consumidor.
    2. da observação das suas taxas homólogas.
    3. do índice harmonizado de preços no consumidor.
    4. da paridade do poder de compra.
  20. A aplicação da poupança em produtos financeiros disponibilizados por intermédio de instituições financeiras denomina-se…
    1. financiamento
    2. investimento
    3. entesouramento
    4. colocação financeira
  21. A moeda escritural consiste…
    1. na circulação da moeda de papel
    2. na inconvertibilidade das notas de banco
    3. na circulação de depósitos à ordem
    4. na existência de múltiplas funções da moeda.
  22. A subida anormal, contínua e generalizada dos preços dos bens intitula-se…
    1. deflação.
    2. estagflação.
    3. desinflação.
    4. inflação.
  23. O aumento contínuo, inesperado e generalizado dos preços dos bens denomina-se…
    1. inflação.
    2. deflação.
    3. Índice de preços no consumidor.
    4. Índice Harmonizado de Preços no Consumidor.
  24. A moeda que representa a movimentação dos depósitos bancários através de cheques e ordens de pagamento denomina-se…
    1. moeda electrónica.
    2. moeda escritural.
    3. moeda fiduciária.
    4. papel-moeda
  25. Uma nota de 100€ é considerada…
    1. moeda.mercadoria.
    2. papel-moeda.
    3. moeda representativa.
    4. moeda escritural.
  26. Em 2014, num dado país, a taxa de variação anual do índice de preços no consumidor (IPC) foi positiva e superior à taca de variação anual do salário nominal das famílias. Considerando-se tudo o resto constante, podemos afirmar que, nesse país, em 2014, se verificou.
    1. uma valorização da moeda.
    2. um processo da deflação.
    3. uma redução do salário real das famílias.
    4. um aumento do poder de compra das famílias.
  27. A moeda representada através de um certificado correspondente a uma determinada quantia, em ouro ou prata, previamente depositada, denomina-se…
    1. moeda electrónica.
    2. moeda escritural.
    3. moeda fiduciária.
    4. moeda representativa.
  28. A quantidade de moeda que se dá em troca de uma unidade de um bem que se compra designa-se por…
    1. poder de compra.
    2. custo fixo.
    3. preço.
    4. utilidade.
  29. O índice Harmonizado de Preços no Consumidor permite comparar…
    1. a paridade do poder de compra entre duas regiões.
    2. as taxas de inflação entre os EUA , a UE e o Japão.
    3. as taxas de inflação dos países da UE.
    4. as taxas de juro de dois mercados diferentes.
  30. Os cartões de débito, quando utilizados para efetuar pagamento, são uma forma de movimentar…
    1. moeda escritural.
    2. papel-moeda.
    3. moeda -metálica.
    4. moeda-mercadoria.
  31. Suponha que, a par da taxa de inflação verificada em 2006 (3,1%), os salários nominais, em Portugal, subiram nesse mesmo ano, em média 2,5%. Explique como terão evoluído os salários reais, nesse ano, em Portugal.
  32. O comércio, a armazenagem e o transporte são actividades que integram a distribuição. Apresente três aspectos que justifiquem a importância da distribuição para os consumidores.