Category Archives: combinação dos fatores de produção

Diferentes tipos de desemprego

 

Diferentes tipos de desemprego

 Diferentes tipos de desemprego

Diferentes tipos de desemprego

  Diferentes tipos de desemprego

Diferentes tipos de desemprego

Desemprego: situação em que os indivíduos que gostariam de encontrar emprego não o conseguem. Existe desta forma uma inactividade forçada da mão de obra.

Desemprego estrutural: ocorre quando existe uma inadequação duradoura entre a oferta e a procura de trabalho. A evolução das estruturas da economia pode levar a um subemprego.Ocorre por exemplo quando os progressos técnicos, que podem substituir o homem pela máquina ou inadequações como a falta de formação desta forma a qualificação dos trabalhadores não é compatível com as necessidades do mercado de trabalho.

Desemprego de longa duração: ocorre quando alguém se encontra à procura de emprego num período superior a 12 meses (1 ano). Quando este tipo de desemprego prossegue por muito tempo, as pessoas deixam de receber subsídios agravando desta forma a sua situação económica, que pode em alguns casos ser geradora de exclusão social.

Desemprego temporário semelhante a desemprego friccional. Traduz a situação passageira das pessoas que se encontram entre dois empregos, quando saíram de um para ingressarem noutro.

Desemprego repetitivo: característico de pessoas que têm trabalhos pouco estáveis e que têm poucas qualificações e que desta forma conhecem múltiplas passagens pelo mercado de trabalho

Desemprego tecnológico: corresponde a situações onde ocorre dificuldade de acompanhamento da evolução tecnológica por parte dos trabalhadores e que afecta principalmente os grupos etários mais elevados.

Desemprego sazonal: Está relacionado com atividades que são realizadas em determinadas épocas do ano e que depois dispensam a colaboração dos trabalhadores durante o resto do ano. Por exemplo trabalhos ligados à agricultura e ao turismo.

Desemprego friccional: resulta de uma insuficiente mobilidade dos trabalhadores. Entre dois empregos, uma pessoa pode encontrar-se desempregada durante algumas semanas, sem que esta situação signifique necessariamente que não exista emprego.

 

 

Questões de Exame Produção e processo produtivo

Questões de Exame Produção e processo produtivo

  1. A situação de desemprego caracterizada pela mudança sistemática de emprego por parte do trabalhador, denomina-se…
    1. desemprego repetitivo
    2. desemprego de longa duração
    3. desemprego tecnológico
    4. desemprego na terceira idade
  2. A taxa de desemprego determina…
    1. o número de desempregados
    2. a percentagem de desempregados sobre o total da população activa
    3. a percentagem de desempregados sobre a população total
    4. a percentagem de desempregados de longa duração
  3. Considere que, num dado país, em 2014, face a 2013, o nº de indivíduos residentes e o número de indivíduos ativos permaneceram inalterados, enquanto o número de indivíduos desempregados decresceu. No contexto descrito, podemos afirmar que, nesse país, em 2014, face a 2013, se verificou.
    1. um aumento do nº de indivíduos empregados.
    2. uma redução do nº de indivíduos empregados.
    3. um aumento da taxa de atividade.
    4. uma redução da taxa de atividade.
  4. Podemos medir o acréscimo de produção obtido, por cada vez que se adiciona uma unidade de factor produtivo, através…
    1. da lei de Engel
    2. da produtividade marginal
    3. da produtividade do factor capital
    4. da produtividade do factor trabalho
  5. Quando diminuem os custos unitários de uma unidade produtiva, devido ao aumento da sua dimensão, diz-se que há…
    1. economia de escala
    2. poupança bruta
    3. redução dos encargos
    4. deseconomias de escala
  6. É exemplo de um recurso natural renovável
    1. o petróleo utilizado na produção de gasolina
    2. o trabalho humano utilizado na produção de bens
    3. a força do vento utilizada na produção de eletricidade
    4. a farinha utilizada na produção de pão
  7. Os recursos naturais constituem…
    1. o capital natural
    2. as políticas ambientais
    3. os factores de produção de uma unidade artesanal
    4. os bens imateriais
  8. As donas de casa fazem parte…
    1. da população activa
    2. da população empregada
    3. da população inactiva
    4. da população com idade compreende entre os 25 e os 50 anos
  9. Consideram-se fatores de produção
    1. os recursos naturais, o capital e os agentes económicos
    2. o trabalho, o capital e actividade produtiva
    3. os recursos humanos, o capital e as técnicas de organização e gestão de empresas
    4. os recursos naturais, o capital e o trabalho
  10. O aumento regular da quantidade de um factor produtivo, mantendo-se tudo o resto constante, a partir de um dado momento provoca um decréscimo da sua produtividade marginal. Quando isso acontece, dizemos que se verifica…
    1. a lei dos rendimentos decrescentes
    2. um aumento da procura
    3. a lei de Engel
    4. a lei dos factores crescentes
  11. O fenómeno da terciarização constitui uma forma de…
    1. expansão do sector terciário ao sector primário
    2. expansão do sector dos serviços aos restantes sectores
    3. expansão do sector secundário ao sector terciário
    4. expansão dos sectores primário e secundário ao sector terciário
  12. Os recursos florestais e hídricos constituem…
    1. uma forma de reaproveitamento dos bens duradouros
    2. uma forma de recursos não renováveis
    3. uma forma de reposição da natureza que acompanha em tempo útil o ritmo das necessidades humanas
    4. uma forma de reposição da natureza que não acompanha em tempo útil o ritmo das necessidades humanas.
  13. O critério que permite distinguir bens materiais de serviços é…
    1. o tipo de desgaste sofrido pelos bens materiais
    2. a natureza material ou imaterial dos bens
    3. o grau de satisfação proporcionado pelos bens
    4. a raridade ou abundância dos bens materiais
  14. É  exemplo de uma medida imediata de combate ao desemprego…
    1. a alteração da taxa de juro dos depósitos à ordem
    2. o aumento da idade da reforma dos trabalhadores
    3. o equilíbrio das contas públicas
    4. a implementação de cursos de formação profissional
  15. O desemprego de longa duração
    1. é mais frequente nas zonas do interior do país
    2. representa a situação de quem se encontra à procura de emprego há mais de um ano
    3. representa a situação de quem se encontra à procura de emprego há mais de 2 anos
    4. corresponde à dificuldade, por parte dos indivíduos, de acompanharem a evolução tecnológica.
  16. O desemprego tecnológico
    1. é mais frequente nas zonas do interior do país.
    2. representa a situação de quem se encontra à procura de emprego há mais de um ano
    3. representa a situação de quem se encontra à procura de emprego há mais de 2 anos
    4. corresponde à dificuldade, por parte dos indivíduos, de acompanharem a evolução tecnológica.
  17. No estudo das possíveis combinações de factores produtivos, quando o período de implementação de uma mudança…
    1. é de longo prazo, podem-se alterar quase todos os factores
    2. é de curto prazo, podem-se alterar todos os factores
    3. é de longo prazo, não se podem alterar quaisquer factores
    4. é de curto prazo, não se podem alterar quaisquer factores
  18. O conjunto dos conhecimentos e das qualificações adquiridos pelas pessoas ao longo das suas vidas, através da educação e da formação profissional, designa-se por….
    1. capital físico;
    2. capital humano;
    3. capital técnico;
    4. capital próprio;
  19. O aumento da quantidade produzida de um bem resultante da utilização de uma unidade adicional de um factor produtivo, mantendo-se os restantes factores constantes, designa-se por…
    1. custo variável
    2. economia de escala
    3. produtividade média
    4. produtividade marginal
  20. O António decidiu adquirir acções da empresa A, que já encontram em circulação no mercado em que estavam cotadas na Bolsas de valores mobiliários. O único objectivo do António era obter uma remuneração atractiva para o seu dinheiro. Então, podemos afirmar que o António procedeu a …
    1. um financiamento interno
    2. um investimento indirecto
    3. uma formação de capital
    4. uma aplicação da poupança
  21. Os custos de produção…
    1. são compostos por uma parte fixa e outra variável
    2. são proporcionais à dimensão da unidade produtiva
    3. são os custos correspondentes a uma utilização eficiente dos recursos que viabiliza a maximização da produção
    4. incluem os salários, as rendas, os juros e os lucros
  22. O capital circulante de uma empresa inclui-se no….
    1. capital fixo e é constituído pelos bens de produção não duradouros
    2. capital fixo e é constituído pelos bens de produção duradouros
    3. capital técnico e é constituído pelos bens de produção duradouros
    4. capital técnico e é constituído pelos bens de produção não duradouros
  23. Para um dado país, considerando os rentastes fatores constantes, o aumento da população ativa num determinado momento poderá resultar, nomeadamente.
    1. do decréscimo da taxa de natalidade.
    2. da redução do nº de indivíduos desempregados.
    3. do decréscimo da taxa de emprego.
    4. da redução da idade mínima de acesso ao mercado de trabalho.
  24. A lei económica segunda a qual, quando se aumentam regularmente as quantidades de um fator produtivo e tudo o resto se mantém, a partir de um certo ponto dá-se a diminuição marginal da produção é…
    1. o Postulado do Equilíbrio
    2. a Lei dos Rendimentos Decrescentes.
    3. a Lei de Engel.
    4. a Lei da Oferta e da Procura.
  25. As entidades que exercem, como função principal, a produção mercantil de serviços de reparação de equipamentos informáticos são integradas no agente económico.
    1. administrações públicas
    2. instituições sem fins lucrativos ao serviço das famílias.
    3. empresas não financeiras.
    4. empresas financeiras prestadoras de serviços.
  26. O capital circulante de uma empresa inclui-se no
    1. capital fixo e é constituído pelos bens de produção não duradouros.
    2. capital fixo e é constituído pelos bens de produção duradouros.
    3. o capital técnico e é constituído pelos bens de produção duradouros.
    4. capital técnico e é constituído pelos bens de produção não duradouros.
  27. Uma empresa privada de correio expresso, num determinado momento, contratou mais três motoristas e adquiriu mais três carrinhas, com o objetivo de aumentar a sua capacidade produtiva. As carrinhas utilizadas pela referida empresa são consideradas capital.
    1. técnico fixo.
    2. técnico circulante.
    3. não duradouro.
    4. não comercial.
  28. Constitui um exemplo de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) de uma empresa.
    1. a aquisição de equipamentos produtivos.
    2. a aquisição de matérias subsidiárias.
    3. o pagamento de salários aos trabalhadores.
    4. o pagamento de dividendos aos acionistas.
  29. Para um dado país, considerando os restantes factores constantes, o aumento da população activa num determinado momento poderá resultar,nomeadamente
    1. do decréscimo da taxa de natalidade
    2. da redução do número de indivíduos desempregados
    3. do decréscimo da taxa de emprego
    4. da redução da idade mínima de acesso ao mercado de trabalho
  30. ……..
    1. Leia o texto que se segue…
    2. Usando uma cana de pesca em vez de pescar à mão, o tempo gasto torna-se mais produtivo, resultando numa maior quantidade de capturas por dia. Usando ainda mais capital, sob  a forma de redes e de barcos de pesca, a actividade torna-se suficientemente produtiva para alimentar muitas pessoas. Indique dois factores além do mencionado texto.
    3. No passado dia 20 de maio, uma fábrica produtora de relógios registou a produtividade média, por trabalhador, de 242 relógios por dia. No dia seguinte, a fábrica aumentou o número de trabalhadores de 5 para 6, tendo registado uma produtividade marginal de 620 relógios. Determine o número de unidades produzidas, por dia, pela fábrica de relógios quando passou a empregar 6 trabalhadores. Apresente as fórmulas usadas e todos os cálculos que efectuar
      1. Leia o texto que se segue.

Quando os recursos são tão abundantes que todos obtêm o que desejam, não perdemos tempo a decidir o que, como nem para quem se deverá produzir. Quando os recursos são escassos, a sociedade só pode obter mais de algumas coisas se receber menos de outras. Temos de escolher entre diferentes resultados.

Rudiger Sornbusch et al., Introdução à Economia, Rio de Janeiro, Elsevier, 2003, pp. 2-3 (adaptado)

Explicite, com base no texto, a importância da escolha no âmbito do problema económico.

 

Questões de revisão 1

Explique de forma um aumento da produtividade no emprego pode contribuir para Portugal superar mais facilmente as dificuldades sentidas com os recentes alargamentos da União Europeia,
Apresente dois problemas que o alargamento da UE trouxe a Portugal.

Explicite o conceito de empregabilidade explicando a importância da formação ao longo da vida
Os aumentos salariais muitas vezes são condicionados pela inflação. Explique de que modo a inflação pode influenciar o poder de compra dos cidadãos.

 

Produção e o processo produtivo

Produção e o processo produtivo

 

  1. Bens, noção e classificação
  2. Produção e processo produtivo
  3. Factores de produção
    1. Recursos naturais;
    2. Trabalho;
    3. Capital;
    4. combinação dos factores produtivos;
    5. Desemprego;
    6. Formação ao longo da vida
    7. Terciarização
  4. Produtividade
    1. Definição de produtividade
    2. Produtividade média
    3. Produtividade marginal
    4. Produtividade portuguesa

Diferentes tipos de capital

Diferentes tipos de capital

Existem diferentes tipos de capital de acordo com os critérios seguintes:

Capital técnico divide-se em capital fixo e capital circulante.

Capital fixo: são os meios de produção que podem ser utilizados várias vezes, embora sofram algum desgaste com o passar do tempo e o uso (edifícios, equipamentos, meios de transporte, etc).

capital circulante: são os meios de produção incorporados no processo produtivos de outros bens que desaparecem por inteiro após a sua utilização, ex: matérias primas, combustíveis, etc.

Capital financeiro divide-se em capital próprio e capital alheio

Capital próprio: são os meios financeiros que pertencem aos proprietários da unidade produtiva é o processo de auto financiamento.

Capital alheio: são os meios financeiros disponibilizados por terceiros que não pertençam à unidade produtiva, como por exemplo o acesso a crédito bancário, etc.

Capital humano:  conjunto de aptidões humanas (skills, know how) que permitem a capacidade de trabalho inclui a experiência e os conhecimentos dos indivíduos. O capital humano é valorizado sempre que existem investimentos na formação ou na saúde dos recursos humanos.

Capital natural: conjuntos dos recursos naturais disponíveis. Deve se promovida uma utilização racional do capital natural para não ser posto em causa o desenvolvimento sustentável do planeta (sustentabilidade).