Category Archives: bens económicos

Classificação dos tipos de bens quanto à duração

Classificação dos tipos de bens quanto à duração

 

Bens duradouros: são os bens que podem ser utilizados mais do que uma vez como por exemplo um casaco ou um carro.

bens duradouros

bens duradouros

Bens não duradouros: são bens que só podem ser utilizados uma vez como por exemplo um hambúrguer ou uma bebida.

bens não duradouros

bens não duradouros

Bens económicos e bens livres

Bens económicos e bens livres

Considera-se um bem algo que satisfaz direta ou indiretamente uma necessidade, isto é, que é útil.

Os bens económicos são úteis e escassos.

Pela sua natureza os bens económicos pressupõem a existência de um preço para a aquisição dos mesmos.

Os bens livres são bens úteis que existem em quantidades ilimitadas ou em quantidades suficientes para satisfazer as necessidades.

Fatores a considerar na produção de um bem

Fatores a considerar na produção de um bem

O que produzir? (O quê?)

Para quem produzir (Para quem?, procura);

Quanto produzir? (Quantidades produzidas)

Como produzir? (modo de produção, tecnologia, gestão de recursos, etc.)

Fatores que influenciam a oferta de um bem

Objetivo das empresas;

Preço que se pretende vender;

Preços dos outros bens, relacionados ou não

Custo dos fatores de produção

Nível de desenvolvimento tecnológico

Estrutura de mercado

Função de produção de uma empresa

Existe uma relação entre a quantidade necessária de fatores de produção e a quantidade de produto que podemos obter;

Quantidade máxima de produto que podemos produzir com uma dada quantidade de fatores de produção, é definida para um desenvolvimento técnico e um conhecimento tecnológico determinado.

Pressupõe:

Escolha do bem a produzir

Tecnologia a utilizar

Objetivos empresariais

Função produção F(v1,v2)

V1 – fatores variáveis

V2 – fatores fixos

Na função produção temos a fronteira das possibilidades de produção. Representa a quantidade máxima que podemos produzir utilizando ao máximo os fatores fixos.

Existe a relação com o conceito do custo de oportunidade porque para produzir mais do bem a, vou ter que abdicar do bem b.

Relação entre quantidade de produto e quantidade de recursos (capital, terra e trabalho)

Produto total: é a quantidade total do produto que podemos obter a partir da adição sucessiva de um ou vários fatores de produção

Varia com o aumento de um ou mais fatores de produção

produo-e-custos-macroeconomia-e-microeconomia-10-638

Produto marginal é o produto que deriva de cada acréscimo de uma unidade do fator de produção.

Produto médio: relação entre produto total e unidades do fator de produção.

transferir (1)

Caracterização dos bens económicos

Caracterização dos bens económicos

Bens Livres  / Bens Económicos

Bens livres são aqueles que existem em abundância não exigindo qualquer dispêndio de dinheiro ou trabalho na sua obtenção, como, por exemplo, o ar que respiramos.

Bens económicos: são os que existem em quantidades inferiores às necessárias para satisfazer todas as necessidades.

Quanto à duração:

Bens duradouros: São os que podem ser utilizados várias vezes. Por exemplo um telemóvel

Bens não duradouros: São bens que só podem ser usados uma única vez. Por exemplo: a farinha.

Quanto à função:

Bens de consumo: É um bem que é destinado ao consumo.

Por ex: um telemóvel para uso pessoal é um bem de consumo

Mas se o telemóvel for para uso profissional, transforma-se num bem de produção.

Bens de produção: são utilizados para o processo produtivo.

Bens quanto à sua relação;

Bens substituíveis: São bens que pelas suas características podem ser substituídos por outros semelhantes. Por ex: posso trocar o óleo de girassol pelo óleo de soja.

Bens complementares: São bens em que a existência implica a existência do outro. Por ex: Um carro implica a utilização de gasolina ou gasoleo.