21 Junho, 2015

Correcção ficha exercícios Economia portuguesa na UE

Correcção ficha exercícios Economia portuguesa na UE

Exercícios Economia portuguesa no contexto da União Europeia

Num processo de integração económica entre dois ou mais países, a implementação da livre circulação de mercadorias, de serviços, de capitais e de pessoas traduz-se na criação de…
uma zona de comércio livre
   um mercado comum
uma união aduaneira
um sistema de preferências aduaneiras
O Euro foi adoptado a 1 de Janeiro de 1999 por 11 Estados membros da União Europeia, entre os quais se encontravam….
Portugal, Alemanha e Dinamarca
Finlândia, Irlanda e Áustria
Bélgica, Grécia e Reino Unido
Espanha, França e Suécia
A forma mais fraca de integração económica é…
O mercado Comum
Sistema de preferências aduaneiras
Zona de Comércio Livre
União Aduaneira
Os tratados de Roma, assinados em 1957, por seis países europeus, criaram
a EURATOM e a EFTA
  a EURATOM e a CEE
a CECA e a EFTA
a CECA e a CEE
São países fundadores da CEE…
a Holanda, a Espanha e o Reino Unido
o Reino Unido, a Itália e a Suíça
a França, a Itália e a Holanda
a Suíça, a Espanha e a França
Com a coesão económica e social, um dos objectivos da União Europeia, pretende-se…
aproximar o nível de vida dos cidadãos europeus
repartir o orçamento comunitário de forma igual
aprofundar a convergência nominal entre os países europeus
desenvolver a agricultura dos países membros da zona euro
Uma das vantagens que a integração económica entre dois ou mais países apresenta é a de…
a produtividade do trabalho, necessariamente, aumentar nesses países
as decisões de política económica serem apenas tomas por unanimidade
as empresas desses países poderem realizar economias de escala
a Balança de Pagamentos de cada um desses países se apresentar equilibrada.
Actualmente, em vários países da Europa, os sistemas de segurança social correm risco de rutura financeira. Um dos fatores responsáveis por esse facto pode ser…
o aumento da população empregada
a diminuição da população inactiva
o aumento da população residente
a diminuição da população empregada
Em 2012, faziam parte da área do euro, entre outros países,
a Alemanha, a França e a Dinamarca
a Suécia, a Finlândia e a Bélgica
todos os que assinaram os tratados de Roma de 1957
todos os que integravam a União Europeia em 2004
Um dos critérios de convergência nominal para a adesão à moeda única, contemplado no Tratado de Maastricht, estabelece que a relação entre
o investimento público e o Produto interno Bruto do país não deve exceder 3% durante o ano anterior à decisão de entrada no euro
a inflação do país e a inflação média comunitário deve ser inferior a 3% durante o ano anterior à decisão da entrada no euro
a taxa de juro do país e a taxa de juro média comunitária deve ser inferior a 3% durante o ano anterior à decisão de entrada no euro
o défice orçamental e o Produto Interno Bruto do país não deve exceder 3% durante o ano anterior à decisão de entrada no euro.