Produto Interno e Produto Nacional

Produto Interno e Produto Nacional A questão da origem da produção é de especial relevância pois permite contabilizar o que é produzido em território económico nacional, Produto Interno, por agentes nacionais ou por agentes estrangeiros residentes em território nacional há mais de um ano. Nesta situação, o critério é o territorial, incluído desta forma toda Ler mais sobreProduto Interno e Produto Nacional[…]

Produto Bruto e Produto Líquido

Produto Bruto e Produto Líquido   O processo produtivo de um bem implica um desgaste natural do capital fixo da unidade produtiva utilizada na sua produção. Os equipamentos e infraestruturas desatualizam-se e deterioram-se com o tempo, necessitando de ser reparados ou substituídos periodicamente. Os encargos com as reparações e substituições de capital fixo são chamadas Ler mais sobreProduto Bruto e Produto Líquido[…]

Classificação dos bens económicos

Classificação dos bens económicos   Os bens económicos podem ser classificados quanto à sua natureza, função, duração ou relações que estabelecem entre si. Os bens económicos são aqueles que se adequam às nossas necessidade mas pelo facto de serem escassos implicam o pagamento de um valor para a sua aquisição. Os bens livres pelo contrário Ler mais sobreClassificação dos bens económicos[…]

Diferentes formas de capital

Diferentes formas de capital Capital Circulante: consideramos as matérias-primas e matérias subsidiárias que desaparecem por terem sido totalmente incorporados nos produtos acabados. Temos por exemplo: Matérias primas e matérias subsidiárias Capital Fixo: São os meios que não desaparecem com o processo produtivo, podem estar integrados no processo produtivo por vários períodos. Contudo sofrem sempre algum desgaste. Ler mais sobreDiferentes formas de capital[…]

Deseconomias de escala

Deseconomias de escala Situação que ocorre pelo aumento do custo médio devido ao aumento da dimensão da unidade de produção (empresa). Fatores determinantes das deseconomias de escala: Dificuldades de coordenação do trabalho desperdícios desmotivação dos trabalhadores aumentos das tensões sociais aumentos dos custos de produção de certas atividades como transportes Exemplo de deseconomia de escala. Imaginemos Ler mais sobreDeseconomias de escala[…]

População ativa e inativa

População ativa e inativa População ativa representa todos os indivíduos que desempenham atividades remuneradas ou os que embora não estejam empregados se encontrem à procura de emprego. População inativa é composta por todas as pessoas que não desempenham atividades remuneradas onde se incluem os indivíduos com idade inferior a 15 anos ou superior a 64 anos. Ler mais sobrePopulação ativa e inativa[…]

Taxa de atividade

Taxa de atividade A taxa de atividade indica-nos a percentagem da população disponível para trabalhar, mas também a parte da população que trabalha relativamente à população consumidora. Esta informação é importante para que os governos dos Estados, responsáveis pela política macroeconómica, possam tomar as necessárias medidas económicas e sociais. Contudo, na taxa de atividade está contida Ler mais sobreTaxa de atividade[…]

Cimeira do Luxemburgo

  Cimeira do Luxemburgo Foi uma cimeira promovida pela UE que definiu como grande prioridade as políticas de emprego e a adoção de medidas preventivas do desemprego, que deveriam assentar: na empregabilidade dos candidatos a emprego; na adaptabilidade das empresas e dos trabalhadores às mutações tecnológicas na igualdade de oportunidades entre homens, mulheres e pessoas deficientes Ler mais sobreCimeira do Luxemburgo[…]

Classificação dos tipos de bens quanto à duração

Classificação dos tipos de bens quanto à duração   Bens duradouros: são os bens que podem ser utilizados mais do que uma vez como por exemplo um casaco ou um carro. Bens não duradouros: são bens que só podem ser utilizados uma vez como por exemplo um hambúrguer ou uma bebida.